Anúncios

A riqueza e o vazio de um “like”

Por Thaís Teles

Uma foto é publicada e o F5 do teclado obedece o ritmo de uma mente inquieta, que se orienta pelos olhos vidrados na tela do computador em busca do alcance daquela imagem. Será que saí bem? Será que vão clicar no que eu falei? Já pensou que incrível se compartilharem? Afinal, dá para dimensionar o poder que uma curtida do Facebook pode render?

Parece curioso, mas, como tudo na vida, este gesto virtual se tornou orgânico no mundo daqueles que vivem plugados e tem dois lados. Quando se trata de um engajamento ou mobilização social, o poder de um “curtir” representa muito mais do que mais um clique em um post. É como se, de certa forma, pessoas se reunissem em um local para fazer uma passeata e protestar, gritar, tentar ajudar de alguma forma. Creio que este seja o engajamento dos novos tempos e que aos poucos passa a contagiar uma gama de pessoas interessadas em mudar alguma coisa no mundo, mesmo que sentadas em frente à uma tela.

A energia desta realidade não está apenas na capacidade de pulverização inserido no mundo virtual, mas também no blablablá que gera fora da internet. Ainda que as pessoas estejam cada vez mais conectadas, é no bate-papo, na conversa no ponto de ônibus, etc., que a troca de informações torna-se ainda mais viva, já que ela sai do plano virtual e se verbaliza em forma de debate. No entanto, os “revolucionários de sofá” têm sim o poder de mudar muita coisa no mundo.

Por outro lado, da mesma forma como a internet tem um poder ilimitado de compartilhar conhecimento, é cada vez maior a quantidade de pessoas que se esquecem da privacidade de suas vidas e vivem a eterna carência de um “like”. Quantas vezes você não se deparou com postagens otimistas ou fotos de indivíduos eternamente felizes na vitrine do mundo em rede. Nesta realidade, não existe certo nem errado, porém, é necessário e extremamente importante um tempo de reflexão, de um mergulho nas próprias ideias; sair por aí e dar uma volta ao redor dos pensamentos e apreciá-los em silêncio, sem ter que compartilhá-los com ninguém ou esperar pelas notificações de curtição

Anúncios

Tags:, , , , , , , ,

Categorias: Artemis, Internet

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: