Anúncios

Tópaz agita a noite paulistana

Banda gaúcha empolga público com músicas antigas e do novo CD “Onze Nós”

Álvara Bianca

No domingo, 3, a banda gaúcha Tópaz fez um show de lançamento do CD “Onze Nós” no Beco 203, São Paulo. A abertura ficou por conta da banda Supercombo que tocou por quase uma hora. Durante a música “Saudade”, Pedro “Toledo”, baterista da Tópaz, foi convidado a subir no palco e dividiu os vocais com Léo Ramos.

Quando se aproximavam das 21h, foi a vez da Tópaz subir ao palco para tocar as canções do novo CD, lançado no final de março. O público, formado por jovens, já conhecia as letras do recente álbum e cantava do início ao fim músicas como “Enterro”, “Quem Não Ajuda Atrapalha”, “Se for pra tudo dar errado” “É Óbvio” e “Suicídio ao Contrário”. Veja NnXEWBCJO6w.

Alexandre Nickel (baixo, vocal), Cris Moller (guitarra, vocal), Gustavo “Gigante” (guitarra) e Pedro “Toledo” (bateria) ainda incluíram no repertório as já conhecidas “Música Sem Nome”, “Feira de Ciências”, “O Maior Idiota do Mundo”. A tão esperada “Ele Merece” foi um dos momentos mais animados e que lembrou a energia da outra passagem da Tópaz, pelo Beco, no ano passado. Clique aqui e veja como foi.

Após a apresentação, Alexandre Nickel disse: “Foi o show mais legal que a gente fez em São Paulo. Foi legal constatar o crescimento da galera que veio no primeiro e agora no lançamento do “Onze Nós”. Estamos felizes demais e loucos para voltar”.

“Onze Nós”

O CD “Onze Nós” foi gravado em São Paulo, no mês de fevereiro. Durante 24 dias a banda ficou na casa do Léo Ramos, vocalista da Supercombo.  “Foi cansativo, mas legal”, disse Toledo. “Contando com a pré-produção, ficamos praticamente três meses se vendo todos os dias, depois dormindo no mesmo lugar e após um tempo, ainda bem que somos muito amigos, você já quer esfaquear o cara porque ele pegou o teu Sucrilhos”, brinca Nickel e esclarece que não chegaram a esse ponto.

A explicação para o título do CD “Onze Nós”: “São onze músicas e todas falam sobre nós e tem muito a cara de todos. E o nó tem uma parada de que se tu pegar uma corda de uma extremidade a outra, separar e se ela tiver um nó é uma coisa que impede de a relação ser direta, como se fosse um problema. Muita gente fala um nó na cabeça, como uma expressão, e o disco são onze coisas, relações”.

Quando questionado sobre a diferença de “Onze Nós” para o outro CD, Nickel é direto e responde: “Esse é melhor!”, e complementa, “esse CD tem um processo mais coletivo que dá todo o diferencial. O Toledo que antes só tocava bateira começou a cantar e participar mais do processo de composição. Criou um critério maior para entrar todas as músicas, antes era mais fácil de uma música entrar, agora não, teve que passar por todo mundo”.

Curiosos para conferir o resultado de todo esse processo? É só acessar www.bandatopaz.com e ver o resultado.

Ah, mais uma boa notícia para os fãs da banda. Aguardem a criatividade por aí, o próximo clipe da Tópaz será da música “Se for pra tudo dar errado” e já está para ser gravado.

Anúncios

Tags:, , , , , , , , , ,

Categorias: Atena, Música

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: