Anúncios

Abuso Ilegal

Casos de estupro, perseguição e até mesmo linguagem obscena fazem parte do dia a dia de trabalho de trabalhadoras rurais  que participam na produção de alimento nos Estados Unidos.  A grande maioria é imigrantes e por estar ilegal no país tem medo de realizar denúncias para que não corra o risco ser deportada.

De acordo com o Human Rights Watch, mais de 50 mulheres foram entrevistadas e se concentram nas regiões da Califórnia, Carolina do Norte e Nova York.  Uma mulher na California conta que um supervisor a estuprou e depois disse que ela “deveria se lembrar que é por causa dele que [ela] tem este trabalho.” Em Nova York, um supervisor ameaçou  tocar os seios e nádegas das mulheres e que se tentassem resistir, ele chamaria a imigração ou as demitiria. Além disso, quem tenta defender uma mulher abusada, leva tiro.

Num debate recente sobre a violência contra a mulher, o Congresso americano está considerando tornar ainda mais difícil para as mulheres imigrantes a busca de proteção contra a violência e abuso, o que infringe os direitos humanos. Entretanto, tanto a lei internacional como a dos EUA reconhece o direito que todos os trabalhadores –  incluindo os trabalhadores imigrantes não-autorizados –  têm direito às proteções de trabalho que  existem para minimizar a exploração. O que deve ser levado em consideração não é apenas as condições de trabalho, mas sim a dignidade da vida.


Fonte: Human Rights Watch 

Anúncios

Tags:, , , , , ,

Categorias: Caixa de Pandora

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: