Anúncios

Perfeitos suicidas

 Daniela Shmayev

Quando pensamos nas razões inseridas nas sociedades que determinam o aumento e a diminuição dos índices de suicídio, instintivamente imaginamos que países mais ricos e desenvolvidos possuem taxas menores e países subdesenvolvidos taxas maiores. Afinal, com uma vida mais desenvolvida e com mais qualidade provavelmente as pessoas tenham menos razões para tirar suas próprias vidas.

Contudo, se formos analisar os índices mundiais de suicídio, observaremos um resultado bem contraditório a este primeiro pensamento. Ocorre que, o nível de desenvolvimento do país e de riqueza não tem este peso quando o assunto é suicídio, sendo que muitos países com melhor economia têm as maiores taxas e países com economias subdesenvolvidas as menores taxas. Segundo um estudo realizado por pesquisadores britânicos e americanos os países mais “felizes” são responsáveis pelas maiores taxas.

Mas o que determina essas taxas? Obviamente, cada caso tem motivos determinantes individuais, porém, se estudarmos a sociedade como um organismo veremos que existem diversas influências importantes de acordo com cada comunidade.

Entre as maiores causas de uma forma geral estão: a depressão, o transtorno bipolar, a esquizofrenia, o alcoolismo e o abuso de drogas, mais o que se pode notar é que existem padrões comuns nos motivos e nas faixas etárias em cada região. Nos Estados Unidos, por exemplo, os suicídios tendem a ser relacionados a Distúrbios Mentais ou Alcoolismo. Em alguns países como o Japão a grande quantidade de suicídios se dá por questões de notas escolares, perda de emprego e assim por diante. Inclusive, na cultura japonesa o suicídio sempre esteve presente, o seppuku, isto é, o suicídio cometido pelos samurais por questões de honra e era altamente respeitado.

Fica claro que o ponto determinante deste quadro são os valores culturais. Dessa maneira, podemos entender o por quê países com economia subdesenvolvida na verdade mostram as  menores taxas de suicídio e aí que entram as questões de fé. Enquanto a cultura de cada região determina os fatores que impulsionam o suicídio, a religião se apresenta como o maior fator a inibir o suicídio, portanto, países em que a religião é mais forte têm menores taxas.

  • Japão, Estados Unidos, França e Alemanha são uns dos países com mais índice de suicídio no mundo.
  • Em 2003, o Japão bateu recorde de números de suicídio, chegando a 34.427 mortes.
  • Na Rússia, cerca de 60 mil pessoas por ano cometem suicídio
  • Na Suíça, a cada três dias, um adolescente ou um jovem adulto se suicida. Os números são tão elevados que chega a ser o triplo do número de mortos em acidentes de trânsito.
Anúncios

Tags:, , , , , , , , , , ,

Categorias: A Mão de Midas, Comportamento

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: