Anúncios

John Lennon, um sonhador

John Lennon era mais do que um Beatle. Era artista, autor, visionário, ativista político, marido, pai. Um sonhador que como ninguém imaginou um mundo sem nenhuma necessidade de ganância ou fome com todos os povos vivendo em paz. Ele e sua mulher, Yoko Ono eram bastante engajados em causa sociais e durante a década 70, defendiam os direitos das mulheres e trabalhadores e exigiam o fim da Guerra do Vietnã (o que não agradava muito os EUA).

Mas sua vida e sua constante luta pela paz foi interrompida na noite de oito de dezembro de 1980. Um fanático ridículo fã chamado Mark Chapman disparou cinco tiros com revólver calibre 38, dos quais quatro acertaram Lennon. Condenado à prisão perpétua, Chapman alegou que cometera o crime por causa de uma mensagem escrita no livro O apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger, e de vozes que o persuadiam com a ideia do assassinato. No momento em que matou o ídolo, ele confessou que “não havia emoção ou raiva. Só o silêncio da morte em minha mente”.

Existe uma outra versão sobre a morte do ídolo do rock. John e Yoko se mudaram para Nova York em 1971. Nessa época, eles se tornaram amigos de líderes anti-guerras como Jerry Rubin, Abbie Hoffman,  e  Lennon queria convencer os jovens a votar contra a Guerra Fria, ou seja, a contra Nixon (é, aquele do caso de Watergate). Como nós bem sabemos, os EUA adoram guerras e precisam mantê-las por causa de seus interesses econômicos. Logo, o governo Nixon começou a investigá-lo, inclusive através do FBI (que após a morte do ex-beatle admitiu ter realizado tais investigações). Dizem que era apenas com a finalidade de deportá-lo do país, mas em 1975 John conseguiu seu green card e assim sua permanência na América. Talvez possa parecer absurdo, mas talvez faça algum sentido na teoria da conspiração que alega que o governo americano quis calar Lennon de uma vez por todas. Nada de paz da terra do Tio Sam… Bom, construa sua versão da verdade.

“Depois que uma coisa foi feita, ela foi feita, então por que essa nostalgia toda. Quero dizer pelos anos 1960 e 1970, sabe, buscando inspiração no passado, copiando o passado. De que maneira isso é rock’n’roll? Crie alguma coisa própria. Comece alguma coisa nova, sabe como? Viva sua vida agora. Sabe o que eu quero dizer?”.

Você talvez diga que sou um sonhador,
Mas eu não o único.
Outros sonhadores como John Lennon que pregavam a paz e acabaram assassinados:

Mahatma Gandhi
Defendia o princípio do Satyagraha em que protestava de forma não violenta. Foi assassinado em janeiro de 1948 por um imbecil chamado Nathuram Godse, um hindu radical que acusava Gandhi de ter enfraquecido o novo governo ao insistir no pagamento de dívidas ao Paquistão.

Martin Luther King
Era pastor, ativista dos direitos civis e contra a discriminação racial nos Estados Unidos através de uma campanha de não violência e de amor ao próximo. Muitos ignorantes acreditavam que Luther King queria enfraquecer a política e a economia e por isso acabou sendo assassinado em abril de 1968 por James Earl Ray. Nos Estados Unido0,s é celebrado o Dia de Martin Luther King sempre na terceira segunda-feira do mês de janeiro.

Leia também:

Anúncios

Tags:, , , , , , , , , , ,

Categorias: Atena, Caixa de Pandora, Lira de Apolo

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “John Lennon, um sonhador”

  1. 8 de dezembro de 2011 às 1:22 #

    Nossa

    Lembrei de uma coisa…

    É muito estranha a sensação de passar enfrente ao prédio que Lennon foi morto, e olha que nem sou tão ligada aos Beatles assim.

    Tenho que admitir que tirei foto bem no portão principal,sim, o edifício Dakota é agora um altar de adoração ao Jhon ….. E talves esse tipo de “adoração macabra” que os mortais tem.. seja uma forma de expeli seus próprios males… ou sua própria revolta sobre as coisas.

    Gostei do texto e confesso que não sabia da outra versão da verdade…. mas até que faz sentido agora…….. (Nixon ham)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: