Anúncios

A Confraria Potteriana

Esther Castellano 

A história do Fandom de Harry Potter, aquele que pertenço desde 2003, é uma das mais belas histórias de amizade que já vi. E não é porque é sobre meu grupo de amigos, mas sim porque é um grupo de amigos grande, onde houveram amizades passageiras, outras que duram até hoje, passamos por guerras – sim, tomamos a liberdade de dividir alguns momentos históricos por guerras, se a humanidade pode rotular suas grandes eras, nós também podemos rotular as nossas – amores, desamores e todas essas coisas que qualquer outro grupo passa. Mas nós não somos só um grupo de amigos: somos o Fandom de Harry Potter e, como nosso grito de guerra diz “we’re the coolest kids”.

É tão bom sentar alguns minutos e relembrar tantos momentos bons e, ao mesmo tempo, um martírio, por saber que tudo aquilo que a senhora J.K. Rowling nos trouxe está prestes a ter um ponto final definitivo. Acho que o sentimento de nossa geração é quase igual ao de quem se forma e está prestes a encarar a verdade do mundo, com o final de Harry Potter estamos olhando pra nossa infância, pra nossa adolescência e percebendo que chegou a hora de nos desperdimos de nossos melhores amigos: Harry Potter, que nos deu coragem nos maiores momentos de covardia, Hermione Granger, que nos inspirou a estudar e, eventualmente, ter um pouco de bom senso e Ronald Weasley, que nos lembrou que temos de relaxar e não levar a vida tão à sério. Eles não são os únicos, mas talvez sejam os que façam mais falta.

Nós, que vimos Harry se desenvolver – e provavelmente esquecemos de nós mesmos – , sabemos quantas noites passamos lendo as páginas de cada um dos sete livros. Como não cansavamos até descobrir o que ia acontecer adiante. Passamos horas sentados na frente de um computador conversando com pessoas de outras cidades, estados e até mesmo países, formulando teorias. Levavamos isso tão à sério que haviam debates e até mesmo brigas pela melhor teoria e quais casais seriam formados até o final da saga. E, o mais importante, sabemos quantas lágrimas silenciosas ou desesperadas rolaram pelas nossas faces no luto inacreditável por um personagem.

Cada vez que um personagem foi silenciado, um pedacinho do nosso coração se  foi junto com as letras que Rowling provavelmente custou escrever. Sabemos que ela não fez por mal, ela queria nos ensinar algo, porque a vida… ah… a vida não é fácil.

Mas também choramos de alegria, de raiva, de amor. Quem diria que, uma única pessoa teria o poder de, somente com palavras num pedaço de papel, fazer milhares de pessoas sentirem tão profundamente.

E foi no meio desses sentimentos que o Fandom se uniu, cresceu e tomou forma. Sonhamos sempre muito alto. Antigamente imaginavamos morar em uma mansão, a mansão Animagos, a qual até hoje existe em algum lugar próximo ao Ibirapuera. Nossas preocupações, para além da escola, estavam nos finais de semana que finalmente poderíamos nos ver.

O tempo passou correndo e hoje somos todos adultos. E o mais lindo é que nenhum de nossos sonhos é impossível, até mesmo os mais absurdos, porque existe muito amor entre nós. Amor que sempre foi tão ressaltado por Rowling. Como disse uma amiga minha esses tempos, o mais incrível dos nossos sonhos é que nós conseguimos acreditar nos nossos e no dos outros.

Eu gostaria de escrever as milhares de páginas que esses oito anos de amizade conseguem gerar, mas cada lembrança vem com uma alegria e uma dor aguda, pois é intenso. Não somos diferentes, mas também não somos iguais. É inexplicável, acho que só quem é da geração Harry Potter é que consegue entender o sentimento que existe. Mas, o que de fato é importante é que “we believe in this love”… E como diria um dos mais corajosos diretores de Hogwarts: “Always”.

Anúncios

Tags:, , , , , ,

Categorias: Cinema, Crônicas do Olimpo, Literatura

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: