Anúncios

A diversificada geração Harry Potter

A saga do bruxo marcou história e conquistou fãs de todas as idades

 por Soraia Alves

O nome Harry Potter é visto como um grande fenômeno cultural que marcou uma geração. Os livros da série entraram, definitivamente para a história da literatura infanto-juvenil, enquanto os filmes quebraram recordes de público e faturamento a cada lançamento. 

Paula Alves, 20, faz parte da chamada Geração Potter: “Eu acompanho Harry Potter desde o lançamento do primeiro livro, Harry Potter e a Pedra Filosofal. Li o primeiro livro quando tinha 11 anos, mesma idade do Harry – e posso dizer que cresci, literalmente, junto com a série”, conta a estudante de jornalismo que pegava os livros emprestados na biblioteca municipal de sua cidade e assistia aos filmes no cinema. “Adorava brincar de ser ‘Hermione Granger’ por um dia e coisas do tipo”, lembra.
Assim como ela, quase todo fã de HP tem alguma lembrança que envolve a história e seus personagens. Ana Carolina Monari, 18, se recorda de ir quase todos os dias às bancas de jornal para ver se havia chegado algum material novo de Harry Potter, e pra quem acha que isso é exagero, Ana ainda fala sobre sua coleção de objetos HP: “Hoje eu melhorei bastante nesse quesito [risos]. Eu possuo livros, DVDs, revistas, posters, jornais, recortes, fotos… eu já até perdi as contas de quantas coisas eu tenho no computador. Tenho também a varinha e uma das peças de xadrez de bruxo”. Carol, que começou a acompanhar a saga quando foi lançado o quarto filme da série (Harry Potter e o Cálice de Fogo) prefere os livros aos filmes, como boa parte dos fãs, e acha que “no filme dá para ver o apelo comercial que há por trás de toda a série”.

A maioria dos fãs acredita que com o fim dos lançamentos de livros e filmes, deve diminuir a febre em torno da “marca” Harry Potter. Embora a obra seja eterna, as novas gerações terão uma relação diferente com a história, principalmente por não compartilharem a expectativa de sua continuação e já pegarem a saga completa. Victor Santos, 19, diz que “praticamente tudo já foi discutido e destrinchado sobre os livros e filmes”, e isso interfere no interesse dos leitores. “Vamos continuar discutindo, claro, mas discutindo aquilo que passou e que já foi muito falado ao longo desses mais de 10 anos”. Paula vai além: “A geração de hoje em dia parecer gostar mais de histórias vampirescas românticas ou livros que sigam essa linha de ‘príncipes encantados’, e eu acho isso bem chato, pra ser sincera. O mais incrível da série HP, e do que a escritora J. K. Rowling fez, foi criar uma história que não fala apenas de amor, ou pelo menos não o amor ‘homem-mulher’, mas fala de crescimento pessoal, de busca de sonhos, de amor de família, de amor de amigos, de características que não ficam apenas nesses contos de fadas modernos e chatos de hoje em dia, mas características reais da nossa vida”. Ela considera esses os reais valores que tornam a história de J.K atemporal.

Embora a “Geração Potter” tenha em média 20 anos, não é apenas entre os jovens que ela faz sucesso, o que aumenta o ecletismo dos fãs de Harry, Rony, Hermione e tantos outros personagens. Muitos desses fãs adultos não apostaram de cara na história de bruxos e magia, como é o caso de Luís Antônio Fogazzi, 43 anos. Luís é casado e tem 3 filhas: Marina de 17 anos, Ana Clara de 14 e Júlia com 10. Juntos, os quatro se preparam para ir ao cinema para acompanhar o desfecho de toda a história em Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II.

A filha mais velha foi a responsável por apresentar Potter ao pai, de forma involuntária. “Quando a Júlia me pediu pra comprar os livros Harry Potter achei estranho porque ela nunca foi de pedir livros. Foi aí que me interessei em ler também”, conta Luís que não se tornou um fã à primeira lida: “O primeiro livro é bem simples, sem muitos elementos que prendem a atenção de um adulto, mas a narrativa da autora é boa, e te faz querer saber o que vem depois, por isso continuei lendo, e no terceiro livro a coisa começou a ficar mais interessante”. Pai e fã, Luís acha que mais pais deveriam conhecer melhor Harry Potter, e até mesmo aproveitar para curtir bons momentos junto aos filhos e aos filmes. “Tenho amigos que não entendem porque os filhos gostam tanto de HP, mas nunca procuraram saber direito sobre a história, que traz grandes valores como a amizade, e como lidar com seus fantasmas do passado”, diz Luís que ainda observa que histórias fantasiosas sempre fazem sucesso, como a saga Star Wars: “Meu irmão mais velho tem quase 50 anos e adora Star Wars até hoje, por que eu não posso gostar de Harry Potter?”.

Agradando a pessoas com histórias e vidas tão diferentes, Harry Potter marcou uma geração, entrou para a história da literatura e agora perece deixar uma sensação de orfandade aos fãs mais apaixonados. Todos que acompanharam a saga sentirão saudades não apenas de novas aventuras do bruxo, mas de viver novas experiências envolvendo o companheiro HP. O lado bom é que a saudade pode diminuir com a releitura de um livro, mais uma assistida a um dos filmes, ou uma olhadinha no pôster atrás da porta do quarto.

Anúncios

Tags:, , , , ,

Categorias: Atena, Cinema, Especial, Literatura

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “A diversificada geração Harry Potter”

  1. 20 de julho de 2011 às 13:40 #

    Aqui em casa também adoramos Harry Potter.
    Meu filho Luis, de 11 anos é o fã maior. Por causa dele me apaixonei tanto pelos livros, que já lí umas 3 vezes cada, como pelos filmes.
    A adoração pelo bruxinho se extendeu para meu outro filho Bruno, de 8 anos, para minha pequena, Julia de 4 e até para o papai.
    Lamento não ter acompanhado a série antes, só pude assistir no cinema os dois últimos filmes, o último assistido duas vezes já.
    É muito gostoso curtir Harry Potter com meus filhos, fazer parte desta magia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: