Anúncios

A difícil arte da convivência

Como lidar com os problemas e atritos que surgem com o tempo nas relações

por Soraia Alves

Não é engraçado como são as relações? Quanto mais intimidade com alguém, mais constantes são os desentendimentos. Somos sociais, mas ao primeiro indício de que as coisas não estão saindo do nosso jeito, perdemos o “social”.

Basta alguns dias de viagem com seu melhor amigo para começar a se irritar com algumas de suas manias, ou simplesmente características que só ficam evidentes com o convívio diário. A mesma idéia serve para os recém-casados. Tudo é bem diferente do namoro.

A convivência é tão “poderosa” que na maioria das vezes é a principal causa das infinitas brigas entre pais e filhos, principalmente naquela fase da vida em que os filhos começam a mudar seu comportamento, a criar seu próprio cotidiano, sua nova personalidade adulta e não mais infantil, que acaba gerando um novo padrão de convivência na relação com os pais.

Se por um lado quanto mais intimidade com alguém, mais desentendimentos surgem, por outro mais confiança e carinho desenvolvemos. Eita coisinha complicada essa história de relacionamentos, não?

Mas, embora seja clichê, pequenas atitudes fazem sim grandes diferenças quando o assunto é convivência. Então se liga no que você pode fazer ou deixar passar pro clima da sua casa, trabalho, ou qualquer lugar ficar mais agradável.

  • Se você gosta das coisas exatamente do seu jeito, lembre-se de que a maioria das pessoas também é assim. Portanto, é muito importante saber que as coisas nem sempre acontecerão do jeito que você deseja.
  • Sabendo que nem tudo sempre será do seu jeito, saiba ceder. Ninguém está dizendo pra você se tornar um capacho das outras pessoas, mas muitas vezes a teimosia é o orgulho falando mais alto.
  • Se você tem total consciência de que nunca na vida vai pedir para alguém fazer um favorzinho pra você, então pode reclamar quando as pessoas te pedem um favor, caso contrário…
  • Pratique a paciência, ela será útil por toda a sua vida.
  • Elogie. Elogios são as maiores causas de sorrisos inesperados e espontâneos no dia a dia.
  • Seja educado(a). Educação não faz mal a ninguém e ainda te deixa mais elegante.
  • Por mais que você se sinta confortável em determinada situação, pense nas pessoas ao seu redor. Não é porque você não se incomoda com bagunça que toda sua casa precisa compartilhar da sua desorganização.
  • Gostos são particulares. Nem todo mundo vai concordar com seus gostos, assim como você não precisa concordar com o gosto alheio. Tolerância é a palavra chave.
  • Respeite o espaço individual das pessoas. Todo mundo tem um momento que quer ficar sozinho e não falar com ninguém.
  • Está extremamente mal-humorado? Avise, as pessoas têm o direito de saber que é melhor manterem distancia quando não estamos num bom dia.
  • O principal: Lembre-se que ninguém é perfeito, portanto não exija isso de ninguém.
Anúncios

Tags:, , ,

Categorias: Comportamento

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: