Anúncios

O problema está diante dos seus olhos

Descubra como ter uma postura mais adequada e saudável em frente ao computador

Por Marjorie Okuyama

O ano realmente começa após o carnaval como dizem muitos brasileiros, de volta a rotina sejam eles jornalistas, economistas ou engenheiros, muitos acabam passando grande parte do dia realizando seu trabalho na frente do computador. Mas nem todos sabem que esta simples atividade pode causar doenças graves e podem acabar se tornando crônicas. E não são apenas os adultos que estão propensos a ter estes problemas, jovens e crianças que ficam muito tempo no computador por lazer ou para fazer trabalhos escolares também podem sofrer com dores e incômodos antes mesmo de chegarem à vida adulta.

“Síndrome olho-computador”

Este termo nada peculiar que também é chamado de “Síndrome da Visão do Computador”, é atribuído aos problemas com os olhos e com a visão. Após um tempo na frente do monitor, ficar com os olhos vermelhos, começar a sentir queimação nos olhos, coceira, sensibilidade a luz e ter dores de cabeça são os principais sintomas da síndrome. Embora não haja nenhuma prova científica que relacione o uso do computador à lesão ocular permanente, os sintomas apresentados são mais freqüentes em pacientes que passam grande parte do dia diante do computador. A explicação científica para o problema é que na frente do monitor, o indivíduo pisca 30% menos que o normal provocando ardência e a visão embaçada uma vez que a glândula lacrimal responsável por lubrificar o olho proporcionando o conforto não é expelida com freqüência. O ambiente também é um fator que pode favorecer desconfortos na vista. O ar condicionado diminui a umidade do ar, iluminação muito forte e o reflexo do sol no monitor prejudicam os olhos.

Isso não significa que o usuário deva abandonar de vez o computador para não ter este problema. O ideal é fazer uma pausa de aproximadamente 10 minutos a cada hora de trabalho, manter o rosto a 60 cm do monitor e usar lubrificantes recomendado pelos oftalmologistas. É válido até colocar um “post-it” escrito “piscar” para o indivíduo lembrar-se de fazer isso com maior freqüência.

Problemas na postura

Além da visão, a postura é um dos maiores problemas para quem passa horas diante do computador. Problemas na coluna cervical, no pescoço e nas mãos são as mais comuns para este caso. E, se não prevenidas ou tratadas estas doenças podem se tornar crônicas. A tendência de desenvolver a tendinite é muito grande para os usuários e é causada pela inflamação de um tendão do braço por conta do excesso de repetições de um movimento. Fazer alongamentos diários, melhorar a postura e alternar o mouse entre a mão esquerda e a mão direita melhoram para este tipo de problema.

Para corrigir a postura, a cabeça do indivíduo deve seguir o alinhamento da coluna vertebral que deve estar encostada na cadeira. As nádegas devem estar posicionadas bem ao fundo da cadeira, as coxas paralelas ao chão e os pés apoiados ao chão. Para os baixinhos como eu que não conseguem alcançar o chão um banquinho também é válido.

Já em casa é normal querer ficar no sofá com o notebook sobre o colo com o apoio de uma almofada, mas o certo é utilizá-lo em uma superfície plana e com o olhar voltado para baixo.

Uso excessivo do computador

Quem nunca trocou ou pensou em trocar uma tarde ensolarada caminhando no parque para ficar conversando no MSN e no Facebook? O uso excessivo do computador também acaba influenciando no sedentarismo tanto de adolescentes como de adultos. Praticar algum esporte ou fazer algum tipo de exercício físico é fundamental para a saúde. Afinal, não adianta nada fazer aquela dieta da sopa, da água ou o que for se a pessoa passa horas na frente do computador sem fazer nenhum tipo de exercício.

Exemplo de preguiça e falta de higiene é comer e usar o computador ao mesmo tempo. Migalhas podem cair no teclado e contaminá-lo. Existem bactérias que são comuns no teclado e no mouse que podem contaminar mãos e consequentemente olhos e bocas causando vários tipos de infecções. E convenhamos, não é nada agradável encontrar migalhas de arroz e pão entre as teclas sem contar as formigas passeando para pegar estas sobras! Espirrar sem levar as mãos à boca e acabar “cuspindo” no monitor também não é nada higiênico.

Tudo em excesso faz mal, esta frase é válida para quem passa horas na frente do computador. Mesmo se for a trabalho é possível parar alguns minutos para fazer alguns exercícios básicos e também ajuda a dar uma espairecida na mente. Lembre-se que é melhor ceder 10 minutinhos num exercício do que 10 anos para mais fazendo tratamentos dolorosos que pode nem dar certo. Não deixe a rotina e a pressão do dia a dia acabar com a sua saúde.

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

Categorias: Artemis, Saúde

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: