Anúncios

Um quinto beatle

Pete Best se apresentará no Brasil em janeiro

Considerado por muitos azarado, o ex-beatle tem uma vida confortável

Imagine que você tem um bilhete premiado na mão, de repente alguém vem, toma o bilhete e faz uma chuva de papel com ele. É assim que deve ter se sentido Pete Best.

Até hoje ainda se discute quem teria despedido o baterista, mas o que se sabe é que o portador da notícia foi Brian Epstein, empresário e um dos responsáveis pelos Beatles terem chegado onde chegaram.

Pete Best tentou tocar em outras bandas, mas em nenhuma obteve o sucesso de seus antigos companheiros. Muitos dizem que na verdade ele nunca chegou a ser um Beatle, que era anti-social e que teria sido demitido por não se misturar muito bem, principalmente com Paul e George. O baterista nega tudo isso.

Ele chegou a tentar suicídio, porém com o apoio da família tocou a vida e resolveu deixar o showbiz, trabalhando em uma agência de empregos pública em Liverpool.

A primeira formação dos Beatles

Recentemente, ele voltou a empunhar as baquetas e toca com frequência na Pete Best Band. Ele também ganhou pouco mais de um milhão de libras pelo relançamento de um disco que conta com algumas raridades dos Beatles, as quais ele toca bateria.

Paul McCartney toca em novembro para mais de 60 mil pessoas no estádio do Morumbi, com um repertório repleto de músicas de sua primeira banda e o subestimado Pete Best fazuma visita aos palcos brasileiros, essa porém sem o alarde da mídia.

O ex-beatle se apresentará na praia de Camburi em Vitória, capital capixaba, no International Beatle Week, que acontece no dia 9 de janeiro. Ele dividirá o palco com João Barone, baterista do Paralamas do Sucesso e a banda tributo Club Big Beatles, a única banda cover brasileira presente no hall da fama de Liverpool.

Por um lado ele não tem o dinheiro e carisma de seu ex-companheiro, mas ainda assim deve emocionar uma grande quantidade de fãs, muitos deles poderão se consolar com essa apresentação inesperada, já que os ingressos para os shows de Paul McCartney estão esgotados há bastante tempo.

Pode parecer um azar único, mas fato é que esse é um expediente normal no rock n’ roll, a história conta que esse tipo de demissão ocorre a todo momento.

O Nirvana demitiu dois bateristas antes de lançar o disco Nevermind e consagrar Dave Grohl.

o grupo Metallica já era uma grande banda metal quando mandou embora Dave Mustaine – que mais tarde formaria o Megadeth, e apesar de seu sucesso, ele vive até hoje na sombra de sua antiga banda. Os bons moços do Coldplay também chegaram a despedir Will Champion, mas como Chris Martin não conseguiria dormir com isso, então foi lá e recontratou o amigo. Red Hot Chilli Peppers já trocou mais de guitarrista do que a Lady Gaga de perucas.

O caso mais emblemático talvez seja o de Brian Jones, fundador e praticamente dono dos Rolling Stones em começo de carreira. No início dos Stones era ele quem ditava os rumos da banda, e se Ketih Richards também tinha bastante voz ativa, Mick Jagger não apitava quase nada. Mesmo assim, devido ao seu desleixo, ele foi demitido da mais longeiva das bandas de rock, a diferença é que ele já acumulava fortuna e ganharia uma boa grana por ano em que a banda se mantivesse ativa. Infelizmente ele morreu pouco depois de forma misteriosa.

Alexandre Bazzan é estudante de jornalismo da PUC-SP, e nas horas vagas mantem uma rádio online independente (www.hitburners.com). Ele tem dois beatles favoritos, Paul com a banda e George em carreira solo.

Anúncios

Tags:, , ,

Categorias: Especial, Lira de Apolo

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: