Anúncios

Cinema

Espiritualidade e alta tecnologia

‘Nosso Lar’ quebra recordes com história espírita nos cinemas

Juliane Freitas

Filmes com temática mística, espíritos e eventos sobrenaturais  geralmente atraem numeroso público. O desconhecido, principalmente assegurado pela fria distancia entre a tela da sala do cinema e a realidade, torna-se potencialmente atraente.

“Nosso Lar” é um desses, mas está longe de se enquadrar na categoria suspense ou terror. O terceiro filme mais visto na história do cinema brasileiro é baseado em um livro espírita de mesmo nome, escrito nos anos 40 pelo médium Chico Xavier, ou melhor, enviado através de psicografia pelo espírito de André Luiz, protagonista da história.

Dirigido e roteirizado por Wagner de Assis, que leva na bagagem quatro produções com a apresentadora Xuxa – entre eles Xuxa e os Duendes 1 e 2 – e uma adaptação do conto machadiano “A Cartomante”, Nosso Lar atingiu, em um mês de exibição, mais de 3 milhões de espectadores, superando o também espírita “Chico Xavier”, que apenas no fim de semana de estréia levou quase 600 mil pessoas ao cinema.

Além de recordes de bilheteria, o filme também superou todas as barreiras em investimentos – foram aproximadamente 20 milhões de reais – com direto à contratação de uma empresa internacional para a criação de toda arte digital e filmagens no Canadá.

Em 2000, de acordo com o censo do IBGE, havia no Brasil mais de 2 milhões de espíritas, fazendo do país o maior do mundo em número de adeptos da religião.

E eles vêm divulgando o filme com devoção. Nas páginas oficiais de Nosso Lar no Orkut e Facebook, somam-se mais de 50 mil seguidores, que se utilizam da rede social para promover discussões e estratégias de disseminação do filme e da crença que o inspirou. Para a maioria dos membros dessas comunidades virtuais, o filme está desmistificando o espiritismo e passando boas mensagens para quem não conhece a doutrina.

Stela Cutolo tem 29 anos e é espírita desde criança, quando seus pais a levavam ao centro espírita que freqüentava na cidade de Santos, onde morava. Costuma estudar e ler sobre a religião e antes de assistir ao filme, já havia lido o livro de Chico Xavier. Para ela, o livro permite, através de detalhes não reproduzidos na adaptação para o cinema, melhor compreensão do mundo espiritual a quem é leigo no assunto, mas gostou do que viu.

A jovem acredita que o sucesso de “Nosso Lar” deve-se à procura por respostas a questões mal resolvidas. “Creio também que hoje em dia o espiritismo não é mais visto como uma religião e sim uma filosofia de vida”, acrescenta.

A comoção diante de questões existenciais tão profundas e subjetivas, como para onde vamos depois de morrer, pode ser ouvida pelos soluços  da platéia, composta por idosos e crianças, mas principalmente por jovens, que lotaram uma das salas de exibição de um shopping de São Paulo no último sábado. Roncos também puderam ser ouvidos. O filme, afinal, realmente deixa a desejar no quesito ação – até em suas formas mais sutis.

Felipe Peixoto assistiu ao filme duas vezes, uma com cada parte da família. Não leu o livro, mas já conhecia a história, contada por seu irmão. Gostou muito, principalmente dos atores, no entanto, acredita que por tratar-se praticamente de um documentário, uma não ficção didática sobre a vida após a morte, pode ser um tanto quanto sem graça para quem não acredita naquilo.

De qualquer maneira, apesar do inegável e fortíssimo apelo ao público espírita, “Nosso Lar” pode ser encarado como um exemplo em tecnologia e de fuga ao eixo tradicional do cinema brasileiro, que varia quase sempre entre comédias românticas e filmes de violência.

Além disso, representa a vitória da liberdade de expressão de uma crença sem ferir a qualquer outra.

É uma boa pedida para quem gosta do tema ou para curiosos pelos mistérios da existência humana.

Anúncios

Tags:, , , ,

Categorias: Cinema

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: