Anúncios

Junk Food

Por Diogo Leite

O hambúrguer inevitavelmente é associado aos Estados Unidos, seja pelo apelo publicitário que as grandes redes multinacionais de comida rápida fazem dele ou até mesmo nos filmes. Como são reis do auto promoção, mesmo que não queiram, tomam pra si a responsabilidade da criação do hambúrguer. Mas a história não é bem assim, eles só conheceram esse lanche em 1904. A história do hambúrguer está ligada a invasão que os mongóis fizeram na Europa nos séculos XII e XIII. Entre os povos que estavam entre os invasores, haviam os tártaros, nômades guerreiros que para digerir a carne que era muito dura, picavam e a guardavam embaixo da sela dos cavalos. Quando iam comer a carne, ela já tinha se transformado em um corpo só, mais fácil de ser ingerido. A esse amontoado de carne chamavam de bife tártaro, que comiam cru, como até hoje fazem os franceses acompanhado de temperos e uma gema de ovo, eles o chamam de steak tartar.

Durante esses incursões guerreiras na Europa, os tártaros apresentaram essa carne moída para os moradores da cidade de Hamburgo, Alemanha. A carne moída em um formato único logo foi introduzida na culinária hamburguense, em viagem a cidade de Saint Louis, Missouri, região sul dos Estados Unidos. Os alemães apresentaram aos americanos que logo o apelidaram de hamburg steak. O hambúrguer caiu no gosto dos marinheiros americanos porque podiam comer dois pedaços de pão com um carne no meio, enquanto trabalhavam, sem a necessidade de pratos e talheres. No Brasil o hambúrguer chegou pelas mãos do campeão do torneio de tênis de Winbledon, o americano Robert Falkenburg que abriu na cidade do Rio de Janeiro, primeira lanchonete de comida rápida do Brasil, o Bob´s, nos mesmos moldes das redes de fast food de comida americana. O sucesso foi imediato. À partir de 1979, ano da abertura da primeira loja da rede McDonald´s no Brasil, também na cidade do Rio de Janeiro e, também com alto investimento publicitário, o hambúrguer cai no gosto do brasileiro definitivamente. Nas lanchonetes há variações contendo hambúrguer como o famoso cheese, abreviado para X e até o de chocolate com folhas de menta, chantily e morango, substituindo respectivamente o alface, maionese e o tomate.

Anúncios

Tags:,

Categorias: Cardápio de Démeter

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: