Anúncios

Arte de rua

Intervenção urbana e anônima

O grafiteiro inglês Banksy só faz arte

 

Érica Perazza

O artista de rua mais famoso do mundo, conhecido com o pseudônimo Banksy, já foi preso diversas vezes (o grafite é uma atividade ilegal na Inglaterra). Seus stencils (técnica cuidadosamente preparada em casa para depois bastar fixar em muro) são sempre polêmicos e ganhou notoriedade pelos desenhos provocativos e sarcásticos, facilmente encontrados pelas ruas de Bristol, sua suposta cidade natal (nada se sabe ao certo sobre ele, como data de nascimento e nome verdadeiro). Algumas de suas manifestações constantemente carregadas de críticas sociais e políticas também são encontradas na cidade de Londres, capital do Reino Unido.

Comparado a Andy Warhol, o grafiteiro radicaliza a Popart ao trocar a iconoclastia naïf deste por uma crítica naïf à chamada sociedade de consumo, sendo anti-totalitarista, anti-capitalista, combinando o anarquismo e o punk. Ele protesta contra o cotidiano, tanto agressivamente quanto sutilmente.

O artista choca através de suas obras, mas também causa um riso espontâneo, seguido de reflexão. Banksy chegou a colocar clandestinamente suas obras no Museu do Louvre, uma estátua-réplica de um prisioneiro de Guantánamo no parque de diversões Disney, pintar a barreira de West Bank em Israel e até já trocou 500 CDs da socialite Paris Hilton por cópias adulteradas em lojas de Londres.

Atualmente, suas obras foram adquiridas por preços elevadissímos. Paredes e muros são arrancados e vendidos no e-Bay a 20 mil libras. Uma parede grafitada por ele já foi comprada por U$400 mil. Christina Aguilera comprou um original da Rainha Victoria como lésbica por £25 mil. Uma outra versão de Mona Lisa foi vendida por £57 600.

Banksy é assim: uma celebridade anônima. Misterioso até o fim – não dá entrevistas, e quando aparece em público está sempre com um pano no rosto. Quando lançou seu primeiro filme “Exit Through the Gift Shop” ( Saída pelas lojas), apenas revelou onde seria a premiére do seu filme às 6 horas da manhã do próprio dia, através de mensagens por celular. Seus fãs desfrutaram o filme na galeria da Estação Waterloo, que fica embaixo do metrô londrino.

O título do seu documentário remete a uma crítica aos museus que possuem saída pelas lojas ( em alguns museus existem mais de duas lojas), isto é, um passeio cultural é apenas para fazer dinheiro, afinal. Em Londres, os principais museus como o British Museum, National Gallery, National Portrait Gallery, Tate Modern entre outros, têm entrada gratuita (visitantes podem fazer pequenas doações), porém, este fato se contrapõe aos preços de réplicas do acervo e outros itens vendidos como sourvenir, que subjetivamente levam o visitante a consumir.

“Exit Through the Gift Shop” fala sobre artistas de rua, especialmente Banksy. Quando este aparece, claro, sua face nunca aparece e sua voz é distorcida para preservar seu anonimato. O francês Thierry Guetta, que mora em Los Angeles começou a filmar por anos arte de ruas. O longa foi apresentado no Sundance Film Festival.

Para saber mais

O artista inglês publicou livros anonimamente. São eles:

São eles “Banging your head against a brick wall”, “Existencilism, Cut it out” e “Wall and Piece”. Todos possuem comentários e fotos de seus graffiti e de suas próprias pinturas.

Acesse www.banksy.co.uk

Assista aqui o trailler (em inglês):

Anúncios

Tags:, , , , ,

Categorias: Fotografia e Artes

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Arte de rua”

  1. Mr. N
    11 de junho de 2010 às 16:31 #

    Parabéns Érica, sensacional.. galera olha o link para o film

    http://www.torrentreactor.net/torrents/5553711/Exit-Through-the-Gift-Shop-2010-DVDRip-XviD-VoMiT

    e viva o creative commons

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: