Anúncios

Enlatados

Por Diogo Leite
Antes da invenção das conservas dos alimentos, eles eram preservados com sal ou açúcar, entretanto perdiam seu sabor original e modificavam, por exemplo, a elaboração de um prato mais requintado. Por volta do ano de 1795, o cozinheiro francês chamado, Nicolas Appert (1749-1841), desenvolveu uma técnica capaz de conservar os alimentos por um período mais duradouro. Colocou os alimentos em recipientes de vidros hermeticamente fechados e os aqueceu a 100ºC, dessa forma interrompeu o processo natural de decomposição.
Essa técnica foi chamada de “appertização”, logo vários outros alimentos passaram a ser conservados dessa maneira. Em pouco tempo essa técnica foi copiada por todos, inclusive pela indústria que crescia na Europa. Em 1810, na cidade de Nantes, uma pequena fábrica de sardinhas resolveu adotar o método de appertização, porém, ao invés do frágil vidro, optaram pelo ferro estanhado.
Começava nascer a embalagem que conhecemos nos dias de hoje, depois do ferro veio o alumínio com formatos diferentes e por fim o aço cromado, mas barato para produção. Por praticidade ou até mesmo por falta de tempo da vida moderna, acabamos seduzidos pelos enlatados.
Até a arte se rendeu aos enlatados, no ano de 1962 o artista plástico, Andy Warhol (1928-1987 ), tornou famoso o ícone de consumo americano, as sopas enlatadas Campbell. Na exposição de 32 latas, o artista questionava o lugar da arte e a banalidade do mundo.
Óbvio que é melhor comer alimento fresco, porém em alguns casos os appertizados oferecem mais vitaminas do que outras técnicas conservação, como  os congelados. Para ilustrar, vejamos o caso do aspargo, até ele chegar à feira, só na estocagem  perde cerca de 40% das vitaminas, já nas conservas em latas sua perda não chega a 5%.
Mesmo depois de 200 anos de invenção dessa técnica, os enlatados vão fazer parte das nossas vidas durante um bom tempo.
Anúncios

Tags:,

Categorias: Atena, Cardápio de Démeter

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: