Anúncios

Nicolas Godoy
 
Faixa 01
Falar de Beatles é como abrir uma safra nova de um bom vinho ou whisky. Está ali no 3,4 é rock n’ roll para alegria geral da nação e um peteleco na úlcera dos reacionários (leia-se conservadores). Conheci os Beatles numa terça à tarde, chovia muito. Era uma tarde bastante incomum para minha vida de criança naquela altura da vida.

Saído de uma família de gaúchos, onde o mais próximo que se pode chegar do céu é numa vaneira ou um rasqueado, nada mais me causava tanto tédio (o popular bode) que ouvir a ladaínha sobre prendas (que para mim era o que se ganhava nas barraquinhas de festa junina.. e que fique bem claro, aquilo é a única desculpa socialmente aceitável para se ver pessoas falando errado e com remendos no rabo), cavalos, mate e chinocas (uma variação estética de mulher, porém com ancas grandes). Isso para meu pai já era uma grande margem para tragédia ou mesmo me colocar junto as pessoas da sala acolchoada.

Pois bem, enquanto rolava um arrasta pé na varanda da casa do meu avô eu segui para minha casa por um copo de água ou jogar novamente meu vídeogame. Tinha alugado uma fita, era sensacional. Enquanto limpava minha mente com o ruído dos goles de água que engolia, mudava de canal para ver qual é a da TV aquela tarde. Se falhasse, sucumbiria ao vício do game. Foi nesse momento, entre uma troca e outra que ouvi na TV Cultura Twisted and Shout. Foi uma adrenalina inacreditável, até então conhecia outros gêneros musicais, porém a intimidade com eles se dava por olhar uma capa nas bancas de revista. Quando ele gritou eu gritei e aí, para a alergia do meu velho pai, eu caí de cabeça no rock com os beatles.

Faixa 02
Comecei de leve com uma camiseta preta, depois os jeans mais velhos, os óculos escuros e por aí a coisa não teve mais freio. Quando percebi os beatles me haviam aberto a porta não só para um ritmo musical que me contagiava senão para um estilo de vida totalmente alheio aquele marasmo sertanejo.

Faixa 03
Hoje me inspira o poder simplicidade, trabalhar com design sempre me leva ao mantra minimalista “menos é mais” e os beatles são assim. Uma guitarra crua pode fazer miséria se souber ser tocada, bem como roupas menos extravagantes também podem despencar mais queixos que um vestido feio em carnes de vaca e/ou um adereço ilustre como um ganso morto. É como dizem os romancistas clássicos em seus momentos de desvario a ficção tem que fazer sentido, a realidade não.

Anúncios

Categorias: Uncategorized

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: