Anúncios

Apenas um click

por Soraia Alves

Saber sobre a vida do seu artista favorito nunca foi tão fácil. Jornais e revistas trazem um verdadeiro diário das celebridades e a disputa entre sites que abordam o dia a dia dos famosos aumenta cada vez mais. Fofocar virou trabalho e o antigo besbilhoteiro mudou de nome e agora atende por paparazzo. Diferente dos fotógrafos profissionais que trabalham dentro de um estúdio ou devidamente autorizados em eventos, os paparazzi são pagos para tirar fotos “surpresa” dos famosos, e de preferência nada convencionais. O sensacionalismo faz parte desse ramo, que não exige nenhuma técnica especial de trabalho, afinal para ser um paparazzo basta preencher dois quesitos: Ter uma câmera digital ou celular que fotografe, em mãos e estar no mesmo local que algum artista, mesmo que este nem seja tão famoso assim.

Contratar paparazzi para ser fotografado e assim estampar a coluna de variedades de algum meio de comunicação, já é prática comum entre muitos artistas que não conseguem viver longe da mídia. De certa forma,é o chamado marketing pessoal, mas de qualidade um tanto quanto duvidosa.

Embora existam os artistas pró-paparazzi, a maioria das celebridades do mundo alegam detestar esse tipo de invasão. Um dos casos mais polêmicos envolvendo a busca incessante desses “profissionais” por fotos inéditas foi a perseguição de um carro de paparazzi ao carro da princesa Diana e seu namorado Dodi Al-Fayed, que culminou em um grave acidente e consequentemente na morte do casal, em agosto de 1997.

No Brasil, casos de artistas que processam paparazzi não são poucos, como fez a modelo e apresentadora Daniela Cicarelli que teve um momento íntimo (?!?) em uma praia filmado e divulgado na internet. O vídeo foi retirado do ar e o responsável pela filmagem foi processado por Cicarelli, assim como os sites que exibiram o vídeo (mesmo a moça perdendo a ação).
 

Antiéticos, inconvenientes e mercenários (afinal, geralmente um paparazzo vende sua foto para quem lhe oferece mais dinheiro), é assim que os paparazzi são vistos por muita gente, mas vale lembrar do velho porém ainda atual conceito capitalista de oferta e procura: Se hoje vemos um número cada vez maior de invasores de privacidade , é porque analogamente há um maior número de interessados em saber da vida alheia. Apenas admirar um artista por seu trabalho já não é mais suficiente e vê-lo na intimidade ou em momentos constrangedores parece mais interessante. Eis a sociedade com mentalidade de Reality Show onde a diversão fica por conta de uma espiadinha.  

 
Anúncios

Categorias: Atena

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Apenas um click”

  1. Gihan
    13 de outubro de 2009 às 1:11 #

    Excelente artigo!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: