Anúncios

Revolução Midiática

Youtube reinventa o entretenimento

As diversidades e inovações propagadas na rede

 

Por Thaís Teles

 

Imediatismo, inovação, vontade de se expressar e informar. A internet cada vez mais transforma o comportamento da sociedade e contribui para que novas formas de interação surjam a todo instante. Um dos grandes acontecimentos virtuais foi o advento do Youtube em fevereiro de 2005.

 O canal tem como finalidade a publicação e compartilhamento de vídeos em formato digital. Todos os materiais hospedados no site podem ser disponibilizados em diversos domínios. Essa versatilidade e possibilidade de interação inseridas na nova ferramenta mudaram os paradigmas midiáticos até então vigentes. A revista norte-americana Time, elegeu o Youtube a melhor invenção de 2005, por entre outros motivos, “criar uma nova forma para milhões de pessoas se entreterem, se educarem e se chocarem de uma maneira como nunca foi vista” 

 

Nos últimos quatro anos, o número de usuários do site cresceu vertiginosamente fazendo com que os grandes veículos de comunicação repensem e reformulem sua maneira de informar. Grande exemplo dessa necessidade de adaptação aos novos tempos foi o episódio ocorrido em novembro de 2008, no qual os “diretores” do site exibiram um espetáculo ao vivo. Pessoas que ficaram conhecidas através da ferramenta online, como “What the Buck”, e celebridades mundiais como Akon e Wil.I.Am estiveram presentes.

 

 

O serviço exerce o mesmo poder de influência que outras mídias. Em decorrência disso o papel da televisão foi colocado em xeque, uma vez que a interatividade proporcionada por esta é muito mais limitada e restrita do que no canal online. Porém, a liberdade em excesso tem causado diversas discussões e divergências. Segundo o estudante de economia Adriano Medeiros, “O Youtube serve mais como um reprodutor do que se passa nas grandes mídias e de apoio ao jornalismo na web, disponibilizando conteúdo multimídia nas matérias. O que é novo no site normalmente é de conteúdo.

 

 

Muitos, porém, discordam dessa visão, como é o caso da psicóloga Vânia Nogueira: “Não tenho tempo de assistir televisão, pois trabalho muito. O Youtube tornou-se uma ferramenta essencial no meu cotidiano, há muitos vídeos ruins e de baixa qualidade, claro. Da mesma forma que há programas ruins na televisão, no rádio, enfim, em todos os meios de comunicação. Muitas vezes quero assistir a filmes ou concertos raros que dificilmente passarão na televisão, mas estão disponíveis no Youtube. Esse serviço não veio para diluir o poder da mídia televisiva, pelo contrário, é como uma alternativa às pessoas que buscam conhecimento através da rede”

 

 

O mundo virtual é incontrolável e a cada instante, blogs, vídeos e afins surgem na rede. Monitorar essa gama de expressões digitais é praticamente impossível, o melhor filtro disponível é o senso crítico de cada usuário

 
 
 
 
 
Anúncios

Tags:

Categorias: Ciência e Tecnologia

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: