Anúncios

Devagar e sempre

Ritmo Paulistano
Lei que restringe a circulação de fretados em diversos pontos da cidade contribui para lentidão na vida de paulistanos
Por Thaís Teles

Uma mão troca a marcha, a outra segura o volante, os olhos ficam atentos às manobras cada vez mais ousadas de motoqueiros, motoristas em geral e pedestres apressados, para os distraídos, a buzina serve como alerta e muitos abusam dela na tentativa de descarregar toda tensão e estresse do trânsito paulistano. Para muitos, essa situação faz parte do cotidiano, para outros é uma novidade.

O conforto proporcionado pelos veículos fretados e a certeza dos usuários de chegar no horário sofreu um abalo e muitos tiveram que optar por enfrentar o trânsito e os transportes coletivos, principais alvos de reclamações quando o assunto é precariedade, demora ou superlotação.


Segundo matéria publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo no dia em que a lei passou a vigorar na cidade, “o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região encaminhou para os principais bancos da capital paulista uma carta solicitando o estabelecimento de um horário de tolerância de atrasos para os trabalhadores a partir de hoje, devido às mudanças com a restrição da circulação de ônibus fretados na cidade”. Desequilíbrios como esse foram causados a diversos trabalhadores, muitos manisfestaram-se em diversos pontos da cidade ou em comunidades de redes sociais, como no Orkut, onde ex-usuários reivindicam a decisão tomada através de comunidades como: “Sim aos fretados!” – que possui mais de 260 membro -, “Protesto restrição fretados SP” – com mais de 290 membros.


Nem mesmo as vans escaparam da restrição, muitas empresas responsáveis pelo deslocamento de estudantes universitários reivindicam e buscam soluções. Segundo a estudante de jornalismo Nathasha Lieven: “Essa lei é sem nexo e atrapalha a vida de todos. Moro longe da universidade, por isso a van é a única opção que tenho. Além do conforto é uma segurança.”


Enquanto a cidade vive uma nova fase, a população terá que se submeter ao ritmo cada vez mais lento e superlotato das principais rotas paulistanas, porém não deve estagnar-se perante as imperfeições dos serviços postos à sua disposição.

Anúncios

Categorias: Hades, São Paulo

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: