Anúncios

Obsoleto sempre vigente

Cultura milenar se faz cada vez mais presente na sociedade

Por Thaís Teles

Durante anos o comportamento humano tem sido objeto de estudos de pesquisadores e é sempre um tema bastante discutido entre diferentes gerações. Quantas vezes não escutamos pessoas de certa idade questionando o comportamento agressivo, radical ou atrevido de gerações posteriores? Esse choque entre comportamentos torna-se ainda mais evidente quando comparamos o linguajar de diferentes idades. Gírias surgem constantemente e marcam uma época, elas são acompanhadas de acessórios, roupas e costumes que singularizam ainda mais a personalidade dos novos “rebeldes”.

Um dos maiores exemplos dessa mudança de comportamento é a tatuagem. Cultura presente em diversas sociedades desde muitos anos antes de Cristo, sua prática estava associada aos rituais religiosos. Durante a Idade Média, a Igreja Católica baniu a prática em toda a Europa, seu argumento era fundamentado na crença de que “era coisa do demônio”.

Muitos anos se passaram, a tatuagem, que durante as décadas de 70 e 80 era vista como um ato de rebeldia, vem conquistando seu espaço na sociedade. Segundo o tatuador Marcelo Scream: “A tatuagem era considerada como algo marginal, porém, de uns tempos pra cá tornou-se moda. Algumas pessoas fazem porque outras fizeram, outras fazem porque acham interessante. Antigamente uma pessoa decidia fazer um desenho porque expressava nela algum tipo de arte ou um significado muito forte. Hoje não, as pessoas vêm ao nosso estúdio em com a vontade de serem tatuadas, com uma idéia de desenho, mas sua convicção é sustentada pela opinião dos amigos ou mesmo do próprio tatuador. Sinto que evoluímos, hoje a prática tornou-se mais aceita e mais aberta, o preconceito ainda existe, mas sinto que aos poucos será extinto. Simultaneamente, o conceito de tatuagem como uma arte está se tornando obsoleto. Por enquanto só não está todo mundo, cem por cento tatuado porque existe a lei”.

Cores, desenhos, locais, formas são infinitos assim como a personalidade das pessoas que optam por se expressar através da pele. As motivações que levam qualquer indivíduo a fazer uma tatuagem são inúmeras, mas Scream aconselha: “ Quem quer fazer uma tatuagem deve procurar uma pessoa que tenha uma influência legal, que tenha um conhecimento e de preferência um tempo já no ramo”.

Essa forma de expressão assume cada vez mais sua autonomia na sociedade e reafirma o ditado dito por tantas bocas ao longo de tantos anos: “O corpo fala”, com o passar dos tempos toda essa oralidade presente nas curvas do corpo humano vem recebendo toques, cores e novas formas de deixar seu recado.

Anúncios

Categorias: Fotografia e Artes

Pandora nas redes sociais

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Obsoleto sempre vigente”

  1. maands
    19 de julho de 2009 às 2:30 #

    Ooi! tatuagens hje em dia são algo comum em qualquer tipo de pessoa! servi pra expressar um sentimento, um pensamento, ou até msmo um estilo.adoreei o texto. o blog tá deemaais! parabens!! :D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: